7.30.2007

LIBERDADE

[Ana Rita]
*
*
A única prisão real é o medo
E a única liberdade real é a liberdade de não ter medo.
[Aung]

5 comentários:

clarice ge disse...

Concordo que somos contidos por nossos medos, mas como nos revelaríamos se nada nos contivesse? (pensamento maluco a uma hora dessas... melhor eu ir dormir, rss)

A página inteira está linda.
Bons sonhos pra ti

clarice ge disse...

Boa resposta. Doses homeopáticas ou quem sabe um ponto de equilíbrio. Mas equilíbrio as vezes é tão monótono. As emoções fortes estão sempre nos extremos...

Sanka disse...

sim. a mais pura verdade. eu sou um poço de tantos medos que por vezes me torno a mais enjaulada das criaturas.
mas na luta pela liberdade. sempre.

primeira vez por aqui... vinda de comentário seu na clarisse.

adorei.

beijos!!!

Além do tempo... disse...

Lindo! A liberdade é nosso bem maior!!!!! Com fé ! Parece que o filme Segredos ,fala bem disso tudo. Para você um montão de carinho e uma risada bem escandalosa repleta de alegria, por estarmos VIVAS , simplesmente!!!!! Bjos Tânia

Sílvia Paiva disse...

Oi Lauren
Retribuindo seu carinho no Desvão da alma e feliz com seu blog acolhedor.
Bem, o Desvão mostra bem o que sinto, penso e acredito. Ultimamente estou como Alice Ruiz escreve, parada e vendo o mundo em movimento, vendo os amores passando, os amigos passando, o tempo passando, a vida passando...
Refletindo e tomando fôlego para caminhar com o mundo e nao contra o mundo...
Fica aqui um abraço e a certeza que voltarei sempre para ler suas publicações.
Sílvia Paiva