10.31.2006

A VIDA


Nenhum de nós
pode programar a vida
como linha reta
imutável, inflexível...
A cada instante
as surpresas rebentam
e temos que ter
humildade e imaginação criadora
para ir salvando o essencial
através do inesperado de cada instante...

[Texto: D. Helder Câmara]
[Imagem- desconheço o (a) autor (a)]

Nenhum comentário: